#Resenha “Eleanor & Park” por Rainbow Rowell

 

RAINBOW ROWELL. Eleanor & Park. Editora: Novo Século, 2014. 328 p.

“(…) Park tocava as mãos dela como se fossem algo raro e precioso, como se seus dedos estivessem intimamente conectados com o restante de seu corpo. O que, é claro, era fato. Difícil explicar. Ele a fazia sentir somo se ela fosse mais do que a soma de suas partes.”

Olá leitores do Mundo Platônico! Não costumo tirar o foco dos livros em posts de resenhas, mas, preciso explicar que fiquei o mês inteiro sem postar no blog porque meu notebook quebrou (e ainda estou sem #chateada). Aproveitei esse tempo sem séries e blog para estudar e ler! Escolhi começar a leitura de Eleanor & Park porque li muitas críticas positivas, consegui meu exemplar através de troca no Skoob, e assim que ele chegou a tentação foi grande demais para eu resistir. Minhas expectativas estavam altíssimas, e felizmente esse livro da Rainbow conseguiu alcançá-las e me proporcionou momentos maravilhosos durante sua leitura.

O que você está lendo? (Fevereiro in Review)

Boa tarde leitores! Como vocês estão neste primeiro domingo do mês? E principalmente, o que vocês estão lendo?

Fevereiro foi um mês muito turbulento com a volta as aulas, o retorno da rotina estágio+estudos+café+faculdade, e acabou que quase não consegui prosseguir com as minhas leituras atuais. Mas, estou em paz porque seguindo as dicas do Blog da Thais Godinho Vida Organizada (Preciso deste livro!) estou aprendendo aos poucos a organizar meu tempo da melhor maneira possível.

Com o retorno da aulas na faculdade veio as listas intermináveis (e impossíveis) de livros - caros diga-se de passagem - para ler,  consequentemente as leituras do blog, ou seja, minhas leituras favoritas de LITERATURA ficam de lado, mas tudo bem porque estou confiante que conseguirei cumprir minha meta de leituras de 2015.

Uma realização desse mês passado foi finalmente começar a ler Clarice Lispector! Acontece que não tem jeito de levar A Rainha do Castelo de Ar (Millennium #3), minha outra leitura do momento, para ler fora de casa, pois o livro é muito pesado; a solução foi começar a ler um livro menor, e o escolhido foi “A Hora da Estrela”, que está na minha lista de 12 livros para 2015. Em breve postarei a resenha do meu primeiro livro lido da Clarice, mas já posso adiantar que estou adorando, narração envolvente e os melhores quotes.

2

Oi Março!

Minha meta para março é organizar meus estudos para a faculdade, porque quero pegar um ritmo que renda mais, e terminar minhas leituras do momento, A Hora da Estrela e A Rainha do Castelo de Ar, e como este último é muito grande não tenho previsão de começar uma nova leitura em um futuro próximo (risos). Também quero neste mês postar resenhas no blog e contar sobre a rotina de leituras que estou criando.

E vocês, leram muito no mês de fevereiro? O que vocês estão lendo no momento?

Visitem o meu instagram (@Gaabisam) e a fanpage do Mundo Platônico no facebook.

Janeiro in Review

Decidi retomar uma coluna que há tempos não postava no blog Meu Mês Literário, parei de escrever porque não conseguia (nem conseguirei) produzir conteúdo todos os meses por causa da minha falta de tempo faculdade/estudos/estágio. Mas, mesmo assim me animei para voltar a escrever a coluna com ideias diferentes, postarei nos finais dos meses em que tiver coisas legais para mostrar para os leitores do Mundo Platônico.

Leituras de Janeiro:

  1. O Sangue do Olimpo, por Rick Riordan
  2. O Destino do Tigre, por Colleen Houck
  3. A Menina que Brincava com Fogo, por Stieg Larsson
  4. V de Vingança, por Alan Moore

O que rolou no Blog:

  1. No primeiro post do ano mostrei meus Presentes de Aniversário e escrevi minhas Metas de Leituras;
  2. Respondi a famosa Tag 12 Livros para 2015 (Já consegui ler um da lista \o/)
  3. Postei as duas primeiras resenhas do ano, O Sangue de Olimpo e Como eu era antes de você <3
  4. E também teve promoção do livro “Bruxos & Bruxas” na fanpage do blog, confira o resultado.

Uma novidade bacana é que agora também postarei nesta coluna as minhas fotos do instagram publicadas no mês in review, não todas as fotos (as familiares, por exemplo, deixarei de fora), mas só as mais interessantes, como as dos meus livros haha. Para acompanhar meu progresso nas leituras, saber mais sobre os meus gostos, ou simplesmente ver fotos interessantes me sigam no instagram: @gaabisam. Esse mês de férias do trabalho/faculdade consegui tirar muitas fotos legais ;)

Tchau janeiro…

Estou muito satisfeita porque consegui ser produtiva nas minhas leituras esse mês! Finalizei as séries Tigres e Os Heróis do Olimpo, e conclui 80% dos livros da minha Meta de Leituras de Férias, além disso aproveitei bastante meu tempo livre, organizei minhas gavetas, contas, estantes, e dormi muito, não tem nada melhor que isso não é mesmo? Foi como se eu tivesse voltado aos tempos do ensino fundamental (risos).

Oi fevereiro!

Fevereiro = voltas as aulas (*todos choram*), também já voltei a estagiar, mas até que foi legal voltar a minha rotina de trabalho, café depois do almoço, e leituras! :D Esse mês não vou me focar nos estudos ainda então acredito que conseguirei terminar minha meta de leituras para as férias sem problemas, preciso começar e finalizar a leitura do até então último livro da série Millennium (de quase 700 páginas) e ler o primeiro livro da série Magisterium, depois pretendo começar a me dedicar a lista de leituras da tag 12 Livros para 2015.

#RESENHA “O Sangue do Olimpo”- OS HERÓIS DO OLIMPO #5

 

RICK RIORDAN. O Sangue do Olimpo. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2014. 432 p.

"- Ah, não, onagros, não! exclamou Leo. Por falar nisso, o que é um onagro? Frank franziu a testa.
- Você constrói máquinas. Como pode não saber o que é um onagro? É simplesmente a maior e mais letal catapulta já usada pelo exército romano.
- Legal disse Leo. Mas onagro é um nome idiota. Eles deveriam tê-las chamado de Valdezpultas."

O Sangue do Olimpo foi o primeiro livro que li em 2015, o que já tornou esse ano notável porque fechei com o final desse livro um ciclo de leituras de quase sete anos. O Ladrão de Raios está entre os primeiros dez livros que me tornaram uma pessoa completamente apaixonada pelo hábito de ler, um dos poucos livros que li antes de ter a ideia de criar o Mundo Platônico, umas história que esteve presente na minha formação como leitora. E vocês podem conferir abaixo a minha opinião sobre os acontecimentos finais da série e a história como um todo.